POPLOAD NOW – Quatro motivos que tornam o rapper britânico Pa Salieu, o músico necessário para 2021

>>

* Para quem foi considerado o “rapper para ficar de olho em 2020”, 2020 veio todo zoado e só deu para ficar de “ouvido” nele e não de olho, o especialíssimo Pa Salieu (pronuncía-se “Salu”), 23 anos, trouxe essa forte atenção para si mais para 2021.

2021 está em curso, espera-se o primeiro álbum para logo e enquanto o disco propriamente não vem você tem duas coisas a fazer. Ouvir sua primeira mixtape, “Send Them to Coventry”, lançada no finalzinho do ano, e ler este POPLOAD NOW com quatro fatos para, agora sim, “ficar de olho neste rapper em 2021”.

Captura de Tela 2021-01-25 às 8.39.25 AM

1. “The Voice of the Voiceless” – Foi assim que ele se definiu, “a voz dos sem voz”. O rapper cresceu em Coventry, interior da Inglaterra, numa região conhecida pela violência e as facções criminosas. Carrega em seu rosto as marcas de algumas tretas reais, que inclusive vitimaram seu melhor amigo, o que o fez penetrar de alma no mundo da música, para ter outra perspectiva na vida. E, claro, contar essas histórias no seu rap estiloso.

2. Single “Frontline” – Sua primeira música lançada, em janeiro de 2020, fez um “boooom” na cena grime inglesa, pelo seu jeito de cantar que mistura um ritmo melódico africano ao cantar (sua família é de Gâmbia) com o mais underground hip hop feito em UK. Ajudou ele ser apadrinhado musicalmente e nas redes sociais pelo enorme rapper J Hus, também de ascendência ligada à Gâmbia e precursor do chamado “afroswing”. Em um mês, Pa Salieu alcançou 1 milhão de visualizações no Youtube para o vídeo de “Frontline” (tem quase 4 mi hoje) e passou a ser chamado para uma leva de colaborações, com nomes como FKA Twigs por exemplo, e atrair marcas de prestígio, como a Nike e Burberry, querendo colar sua “brand” ao nome de Pa Salieu.

3. BBC Sound of 2021 – O rapper ganhou o prêmio BBC Sound of 2021, selo que o importante conglomerado BBC estampa no “talento musical mais promissor do Reino Unido”, seguindo os passos de uma turma do naipe da Adele, Michael Kiwanuka e Celeste, graças às suas músicas sobre vida e a morte na “linha de frente” em Coventry. E por ser uma espécie de príncipe dessa africanização esperta pela qual passa o hip hop/grime britânico. Duas semanas atrás, Pa Salieu estampou como destaque principal a capa da famosa lista de 100 novos artistas do semanário “NME”. Muitos deles certamente vamos ouvir falar grande em 2021. Pa Salieu pelo jeito vai ser o maior deles.

nmepasalieu

4. Estreia americana – Até que na semana passada Pa Salieu fez sua estreia aos olhos americanos via TV, como atração musical do programa do entrevistador Jimmy Fallon. A performance enviada foi para o primeiro single, “Frontline”.

Abaixo, Pa Salieu e sua “Frontline” no Jimmy Fallon.

***

* Esta seção da Popload é pensada e editada por Lúcio Ribeiro e Daniela Swidrak.

>>