Popnotas – Arcade Fire lança música de meditação. H.E.R., lutando por você e pelo Oscar. Pet Shop Boys fazendo Blur no Brasil. E o Jarvis Cocker indo pro Reggae

>>

– Nesta semana o apresentador de TV americano Jimmy Fallon está levando atrações musicais com a pegada Oscar. Na terça ele botou em performance a linda Celeste, com a música dela que concorre à canção original pelo filme “Os 7 de Chicago”. Antes ainda, na segunda, a cantora H.E.R. apareceu para interpretar sua “Fight for You”, outra que briga na mesma categoria do prêmio da Academia, esta pelo ótimo “Judas e o Messias Negro”, de Shaka King. H.E.R., nome artístico da talentosa Gabriella Wilson, 23 anos, escreveu a canção especialmente para o filme. E a performance dela no Fallon foi bem classe. Ela começa cantando na bateria solitária, num corredorzão de um galpão, levanta, sai dançando e vai encontrar a banda gigante e feliz dela num outro ambiente.

***

– O dândi Jarvis Coker, que um dia fez música para pessoas rycas que só queriam ser gente comum quando liderava o incrível Pulp, tem esse projeto dele chamado Jarv Is… Sem esquecer as reticências, senão ele fica bravo. Em julho do ano passado, mundo afundado na pandemia em suas primeiras ondas, o Jarv Is… lançou seu primeiro álbum, “Beyond the Pale”. Umas lives aqui, umas aparições na TV ali e foi isso. Agora, do mesmo álbum, que tem só sete músicas, ele surge com mais um novo single, para a faixa “Swanky Modes”, que na verdade vai além da canção que está no disco de estreia. Para este single mexido, Jarvis chamou o pioneiro do reggae Dennis Bovell, para remixá-la. “Swanky Modes” ficou bem mais substanciosa, digamos. O single tem três versões: esta original “interferida”por Bowell e duas enchardas em dub, já que estamos falando nisso. Dá para ouvir todas de algum jeito por este caminho aqui.

***

* Esta eu não lembrava. A gente vem falando por aqui, o sempre importante duo britânico Pet Shop Boys lança agora no dia 30 de abril o CD duplo e DVD “Discovery: Live in Rio 1994”, baseado em apresentação nos anos 90 na casa de shows Metropolitan, no Rio de Janeiro, material que só saiu em VHS há muitos anos e acharam de escarafunchar na pandemia para dar um movimento nos lançamentos. Neil Tennant e Chris Lowe têm divulgado no Youtube da banda uns vídeos dessa performance especial que nos diz tanto. E nesta semana botaram lá, desse show no Rio em 94, eles fazendo “Girls & Boys”, do Blur. Apenas.

***

– O Arcade Fire (foto na home) fez uma música instrumental de meditação de 45 minutos. Esta é a nota. Na verdade, a banda canadense criou a obra musical “Memories of the Age of Anxiety” especialmente para o app Headspace, aplicativo criado para ajudar a meditar e a “limpar a cabeça” das nóias diárias principalmente na hora de dormir. Dentro das muitas seções do Headspace tem uma área de playlist, curada pelo famoso músico e ator John Legend, que além do mais é filantropista. A “Memories of the Age of Anxiety” do Arcade Fire está dentro dessa área do app. Com uns “três álbuns novos escritos”, segundo o líder do grupo, Win Butler, o Arcade Fire está esperando a poeira da covid baixar, para se mexer (mais). A banda não lança álbum desde 2017, quando soltou o “Everything Now”. Por enquanto o negócio é meditar. A faixa de 45 minutos só pode ser ouvida toda ela no app da Headspace. Mas aqui embaixo tem um mísero trechinho.

>>