(QUASE) NINGUÉM CONHECE (AINDA). BANDA DE HOJE: Orville Peck

>>

* Voltamos a nossa seção de new new new music. E no episódio de hoje temos ele:

orville

* No ano em que o maior hit global injeta country no rap, a ótima “Old Town Road”, do Lil Nas X, saiba que a Sub Pop, o selo que fundou o grunge, também aposta em um artista que faz country.

O nome da aposta é Orville Peck. Bom, na verdade, esse é o seu pseudônimo. Ninguém sabe quem é o verdadeiro homem por trás da máscara. As matérias que lemos sobre ele falam que é canadense, já foi punk e que investe no country antes de ser modinha. Pode ser tudo verdade ou tudo mentira. Para a revista britânica “Gay Times”, Orville fez questão de reforçar que sua escolha visual é mais artística do que para esconder sua identidade. Em outras palavras, ele não estaria fazendo tipo, armando um personagem.

Orville Peck está naquele momento em que é um notório desconhecido. A gente conheceu ele pela revista cool “New Yorker”, que resenhou seu disco de estreia, mas ele também já apareceu na “Billboard”, na “Vice”, na “Clash”, entre outras publicações grandes. E agora na Popload.

Na dúvida, bom passarmos à música em si. Seu álbum de estreia, “Pony”, tem ótimas canções. Sua voz ecoa Elvis, Roy Orbison e o som combina, como bem descreveu a Sub Pop, a ambiência do shoegaze com as melodias do country. O que fica descrito ainda melhor quando vemos a lista de discos favoritos que Orville fez para outra publicação, a “Louder”: a lista tem Johnny Cash, Patti Smith, Sonic Youth, Neil Young, entre outros.

Então duas coisas. De cara, veja uma performance agora em julha e bem boa do Orville Peck em session para a rádio KEXP, de Seattle, onde até a apresentadora estava mascarada.

***

* E, claro, ouça o Orville Peck na nossa playlist: “(Quase) ninguém conhece (ainda)” na Deezer

>>

  • Leocádia Joana Garibaldi Pinto

    de cara, vejamos 0rville…infame trocadilho, caro mio?