Robert Smith informa que está escrevendo novas músicas e que seu The Cure entrará em estúdio em breve

>>

Na segunda quinzena de junho, Londres será tomada pelo Meltdown, festival que vai durar entre os dias 15 e 24 e terá como curador nada menos que o gênio Robert Smith, líder do cultuado The Cure.

O evento, que terá nomes como Libertines, Nine Inch Nails, My Bloody Valentine, Placebo, Manic Street Preachers e os “nossos” Death Cab For Cutie e Mogwai, tem servido para Smith sair um pouco de sua caixinha antissocial.

Primeiro, ele tem tido que dar algumas entrevistas sobre o festival e dar entrevista não é muito a de Robert. Segundo, que em uma dessas entrevistas ele disse que o evento o inspirou para que voltasse a escrever novas músicas.

Em papo na BBC 6 Music, Smith confirmou que alugou um estúdio para os próximos meses onde o Cure começará a gravar demos dessas músicas novas e que o festival o encorajou a criar material novo. “Instantaneamente me apaixonei com a ideia de escrever novas canções”, disse ele, que confirmou que fechará a programação do Meltdown, não com o Cure, mas acompanhado por alguns de seus companheiros de banda em um show que, de fato, contará com músicas do Cure, mas com outra pegada.

Dia 9 de julho o Cure completará 40 anos de estrada. Eles farão um show no Hyde Park em comemoração, mas Smith antecipou que o grupo pode fazer um show especial semanas antes, no próprio Meltdown. A intenção de Smith é que a banda toque canções inéditas no show.

>>

  • Leocádia Joana Garibaldi Pinto

    Sair do palco com dignidade…Michael Stipe foi sagaz!!!