Royal Blood levando a Roxanne para a garagem

>>

* Não entendi nada desse prêmio que o semanário inglês “New Musical Express” organizou com a cidade de Austin, Texas, o já conhecido “NME Awards”. Quer dizer: até entendi. Mas não entendi.

Daí que essa cerimônia foi ontem, em Londres (!!!), e elegeu como melhor banda nova o duo Royal Blood, baixo-e-bateria. No guitars. Uma atualização inglesa do garage blues do White Stripes, mais áspero, menos charme.

Screen Shot 2015-02-19 at 10.41.34

Hoje foi solto um vídeo do Royal Blood tocando em session na Radio One inglesa, da BBC. Foi no programa Live Lounge, das manhãs, em que as bandas fazem covers inusitadas, tbm.

A do Royal Blood, que enfeita com imagem este post, é a clássica “Roxanne”, do grande The Police, banda punk-pós-punk britânica de quando o Sting não era chato.

“Roxanne”, de 1978, é polêmica, não muito por seu tema, mas sim porque, dizem, foi feita quando o “certinho” professor de inglês Sting se apaixonou por uma prostituta.

“I know my mind is made up
So put away your make up
Told you once I won’t tell you again
It’s a bad way”

No vídeo abaixo, Royal Blood fazendo “Roxanne”, o vocalista-baixista Mike Kerr se apresenta como Sting, o parceiro como “Stu” e diz que a banda é o Police lançando o novo single. A cover começa assim, assim, mas depois engrena bem.

>>