#VazaJatoIndie – Radiohead diz que sessões do “OK Computer” foram hackeadas e disponibiliza material de forma oficial e gratuita por 18 dias

>>

030118_thom2

Semana passada, o mundo da música ficou em choque com o vazamento de 18 horas de gravações até então privadas do discão “OK Computer”, um dos mais definitivos do rock nos últimos tempos.

Espalhadas em 18 mini-discos, as gravações incluem trechos não-finalizados, versões demo, versões descartadas, sons ao vivo, outros incompreensíveis.

Uma semana depois da notícia, mesmo com a “promessa” de fãs em não “passar pra frente” o material, o Radiohead se pronunciou através de Jonny Greenwood, que disse que a banda foi hackeada. “Alguém roubou o ‘minidisc’ de arquivo do Thom do tempo do álbum ‘OK Computer’ e alegadamente exige 150 mil dólares ou ameaça divulgá-lo”, disse o guitarrista.

Diante da crise, o Radiohead resolveu disponibilizar a íntegra do material de forma oficial e gratuita por 18 dias em sua conta no Bandcamp. Os registros datam de 1995 a 1998. A partir de 11 de julho, as 18 horas de gravações serão vendidas pelo preço simbólico de 18 libras, com toda a renda revertida para o sociopolítico Extinction Rebellion.

A nota de Jonny e as gravações gratuitas – por 18 dias – estão disponibilizadas abaixo.

>>