Top 10 gringo – Björk, Rosalía e o salmão no topo. English Teacher ensinando sobre dor em segundo. Danny Brown falando bem e mal do rap em terceiro

O ano começa a dar indício de que já acabou quando o papo é álbuns, hein? Semana fraca de lançamentos em quantidade, mas buscamos o ouro que resta em singles e promessas para o ano que vem. Lógico que estamos prontos para qualquer surpresa, mas parece que agora só em 2024. E a nossa playlist do ano, atualizadaça TODA SEMANA, já está chegando às 400 músicas. Belo panorama de 2023, hein?

Uma causa nobre reuniu de forma inesperada duas das mentes mais criativas da música, de antes e de agora: Björk e Rosalía lançam o single “Oral” para reunir fundos para a ong AEGIS, que combate a pesca predatória do salmão na Islândia, que tem desequilibrado o meio ambiente por lá e causando mudança em todo o ecossistema da região. Não é uma música de outro mundo, mas é um sonho realizado ver as duas juntinhas, diz aí. Fora que saiu um vídeo que reúne a duplinha de forma meio bizarra via inteligência artificial. 

Banda para ficar de olho. O English Teacher é um quarteto de Leeds liderado por Lily Fontaine, compositora sem medo de compartilhar medos. Em “Mastermind Specialism” ela divide com a gente sua paralisia diante de decisões que trouxeram dores profundas: “Questionar minha teologia, minha sexualidade, minha carreira e assim por diante”, ela escreve. É uma música delicadíssima, um arranjo que se revela aos poucos. Nem parece coisa de banda de rock, risos. 

Não satisfeito em já ter um dos discos do ano em parceria com o nova-iorquino JPEGMAFIA, o rapper Danny Brown soltou mais um álbum. Desta vez, sozinho. “Quaranta” contrasta com o colorido “U Know What I’m Sayin?”. A sobriedade está na capa, que traz o rapper à meia-luz. E já abre o papo com uma real pesada sobre a vida e a carreira: “Essa merda de rap salvou minha vida e estragou tudo ao mesmo tempo”.

As herdeiras naturais do trono de Shakira no pop colombiano estão juntinhas neste single delicinha que estará presente em “Orquídeas”, álbum de Kali previsto para o começo de janeiro. A gente não falou que era o caso de esperar 2024? O primeiro pesadão já está programado. Aliás, Karol G ganhou ainda mais nosso respeito nesta semana – ela fez um show para mulheres presas na Colômbia, parte de um projeto social seu que trabalha na reabilitação de mulheres em situação de vulnerabilidade. Braba!

É engraçado um músico ainda na flor da idade, digamos, ganhar um disco tributo, mas a turma resolveu homenagear o inusitado Adam Green – sendo uma homenagem inusitada, faz sentido. Regina Spektor, Father John Misty, The Cribs, Jenny Lewis, The Libertines, Lou Barlow, The Lemonheads, Rodrigo Amarante estão no time. E Devendra é o primeiro a aparecer, com esta boa “Pay the Toll”.

É só o terceiro álbum do clássico grupo indie americano Guided by Voices lançado este ano. Impressionante como a banda sempre soa inspirada, até quando ligeiramente esbarra em só mandar um indie “genérico”. Olha o timbre saboroso dessa guitarra. Bom igual fritura, senhor Pollard. 

E, por falar em coisa inusitada e coisa dedicada à caridade, o par inglês de eletrônica indie doida Sleaford Mods fez um cover para a clássica “West End Girls”, dos Pet Shop Boys, em prol de uma instituição inglesa que ajuda pessoas sem teto ou que moram em péssimas condições. Detalhe: o próprio Pet Shop Boys fez um remix para o cover! Uma faixa melhor que a outra.

Não falta muito para gente ver os irlandeses do Just Mustard em terras paulistanas – eles são uma das atrações do Primavera Sound. A turma que tem seu álbum mais recente lançado no ano passado, o bom “Heart Under”, soltou um remix bem viajado para um dos sons do disquinho. É um parzinho dark bastante interessante para o mood do dia do Cure.  

Vale pelo registro: é esquisito ver o Kanye West tão pouco inspirado. A discussão sobre Ye pode durar horas pelo tanto de besteiras dita ao longo do tempo somado à questão da saúde mental delicada do rapper, um tópico que costuma ficar de lado quando detonam ele por aí. Mas quase nunca tanta treta ao seu redor afetou sua música, “Vultures” não é o caso. 

***
* Na vinheta do Top 10 Gringo, as bombásticas Björk e Rosalía.
** Este ranking é pensado e editado por Lúcio Ribeiro e Vinícius Felix.

MDE 1 – horizontal miolo página
Beth Gibbons – anúncio horizontal fixo interna